vinitaly_76

17.º Concurso enológico internacional Vinitaly 2009 (PDF)
Moscatel de Favaios triunfa em itália

De 25 a 29 de Março, Realizou-se em Verona, a 17.ª edição do Concurso Enológico Vinitaly 2009, organizado pela Feira de Verona, com a patronage do Office Internationale de la Vigne et du Vin (O.I.V.), da Union Internationales des Oenologues e do Ministério das Políticas Agrícolas e Florestais da República italiana.

Reportagem: Bento de Carvalho

A este concurso internacional concorreram 3553 vinhos provenientes de 34 países, tendo sido eliminados 14 por não estarem de acordo com as normas do regulamento, sendo 3539 o número final dos vinhos sujeitos à apreciação e classificação, realizada através da ficha de prova da Union Internationales des Oenologues, que classifica de 0 a 100 pontos.
Os vinhos foram provados por 21 comissões de avaliação, sendo cada uma constituída por 5 provadores – 2 enólogos italianos, 1 enólogo estrangeiro e 2 jornalistas de renome internacional designados pelo Instituto Nacional do Comércio Exterior.
Em relação à atribuição das medalhas, o concurso tem um regulamento absolutamente diferente de todos os outros concursos internacionais que se realizam no “mundo do vinho”.
Os vários tipos de vinhos tranquilos e efervescentes – vinhos broncos, tintos, rosados, doces, espumantes, licorosos, etc., estão distribuídos por 28 categorias definidas no regulamento e, cada categoria de vinhos é provada e classificada por 3 comissões diferentes, de 5 elementos, que seleccionam os 4 melhores vinhos. Em cada categoria os melhores 12 vinhos seleccionados são de novo provados por 3 comissões em conjunto (15 provadores) que atribuem 1 Grande Medalha de Ouro, 1 Medalha de Ouro, 1 Medalha de Prata e 1 Medalha de Bronze e não várias medalhas como sucede com todos os outros concursos.
A todos os vinhos que obtiveram uma classificação igual ou superior a 80 pontos foi atribuída uma Grande Menção, até ao limite de 30% do número de vinhos inscritos no concurso.
O júri internacional atribuiu aos 3539 vinhos que se apresentaram a concurso, 28 Grandes Medalhas de Ouro, 27 Medalhas de Ouro, 30 Medalhas de Prata, 28 Medalhas de Bronze e 949 Grandes Menções. Portugal esteve presente com 35 vinhos e conquistou 1 Grande Medalha de Ouro, 1 Medalha de Prata, 1 Medalha de Bronze e 5 Menções de Honra.
O concurso Vinitaly é muito bem organizado, muito disciplinado, apesar de cansativo, com duas sessões de prova, uma de manhã e outra à tarde. Os escansões realizaram um excelente trabalho ao servir dum modo impecável os vinhos, tendo decantado todos os que tinham mais de 3 anos de idade. Realizaram-se 50 horas de trabalho em 5 dias e, utilizaram-se 24.000 copos e 22.000 fichas de prova. É de realçar o excelente trabalho da organização a cargo de Giuseppe Martelli que, com todo o seu saber, experiência e disciplina de trabalho prestigiou mais esta edição do Concurso Internacional Vinitaly 2009. •

Vinhos tranquilos com denominação de origem
Vinhos licorosos

Grande Medalha de Ouro
Douro VQPRD Moscatel “10 anos”
Adega Cooperativa de Favaios, CRL

Medalha de Prata
Douro VQPRD Moscatel Colheita 1989
Adega Cooperativa de Favaios, CRL

Medalha de Bronze
Douro VQPRD Moscatel Favaito
Adega Cooperativa de Favaios, CRL

Grande Menção
Madeira VQPRD Branco Boal 1978
Vinhos Justino Henriques Filhos, Lda.

Vinhos tintos tranquilos com denominação de origem
Vindimas de 2003, 2004, 2005

Grande Menção
Alentejo VQPRD Vinho Tinto Reserva 2005 “Baron de B”
BCH – Comércio de Vinhos

Vinhos Tintos tranquilos com designação geográfica
Vindimas de 2006, 2007, 2008

Grande Menção
Syrah Vinho Tinto 2007 Regional Alentejano
Casa Agrícola Cortes de Cima

Vinho Tinto Regional Alentejano “Touriga Nacional” 2007
Casa Agrícola Cortes de Cima

Vinho Tinto Regional Alentejano Reserva “Alicante Bouschet” 2007
Casa Agrícola Cortes de Cima

Anúncios