gourmet74

Restaurante “alma”
Henrique Sá Pessoa confere “alma” à noite lisboeta

Inaugurado no Dia dos Namorados, o novo espaço de qualidade para jantar na capital dá pelo nome de “Alma” e é da responsabilidade do jovem e talentoso chef português Henrique Sá Pessoa.

Reportagem: Patrick Neves

Aberto de terça-feira a sábado, entre as 19.30 e as 24.00 horas, o restaurante Alma, localizado na Calçada de Abrantes, em Lisboa, propõe uma cozinha de autor, criativa, despretensiosa e acessível, com conjugações surpreendentes de sabores, sem nunca perder de vista a tradição portuguesa. O principal objectivo é cativar um tipo de público maioritariamente jovem, que normalmente não frequenta este género de restaurantes, principalmente por motivos económicos mas também por uma questão de modas, que os empurram para outros lados. Para contrariar essa tendência, o Alma inclui menus a preços muito convidativos, que rondam os 35 euros, apresentando um conceito inovador que pretende exportar, acima de tudo, a experiência Henrique Sá Pessoa.
O local é pequeno, quase intimista, com capacidade para 36 lugares, e especialmente vocacionado para a realização de eventos, jantares de grupos (ou a dois) e festas. Concebido pela dupla de arquitectos Eduardo Malhado e Catarina Ventura, faz uma alegoria à cor branca que atravessa todo o espaço: paredes, cadeiras, mesas, candeeiros, loiça. “A cor e a alma do restaurante residem na comida e nas pessoas que o frequentam”, confidenciou Henrique Sá Pessoa à Nectar, fazendo uma apologia também aos nove elementos que constituem a equipa de serviço, sempre pronta a bem receber.
“É o sonho de qualquer chefe de cozinha ter um espaço próprio onde possa dar azo às suas criações, e tal não foi excepção aqui”, afirmou ainda o chef, que não prevê abrir mais nenhum Alma. “O máximo que pode acontecer é a exportação da ideia para outro tipo de conceitos, nomeadamente através de parcerias com outros espaços ou a abertura de novos”.
Situado na zona de Santos, próximo do Cais do Sodré, o Alma segue a tendência de reabilitação urbana que tem sido promovida nesta zona da cidade com a abertura de diversos restaurantes, bares e hotéis, usufruindo da facilidade de estacionamento proporcionada pelo parque subterrâneo do largo principal.
Os menus, de vertente internacional, estão inseridos numa carta que muda sazonalmente (de três em três meses), havendo ainda o Menu Alma, a 28 euros, e o Menu de Degustação, com cinco pratos, que varia mensalmente.
A aposta é despertar os sentidos “na direcção do simples, do natural, da leveza, do branco sobre branco, do branco sem mácula de pecado, do branco bíblico, já muito próximo da ausência, do som do silêncio”. •

Creme de courgettes com vieira salteada e parmesão

Para 4 pessoas:
• 3 colheres de sopa de azeite
• 3 courgettes com casca cortadas em pedaços
• 2 dentes de alho esmagados e picados ligeiramente
• 10 folhas de manjericão
• 4 vieiras
• parmesão, natas e sal q.b.

Preparação:
1 – Lavar as courgettes e cortá-las aos cubinhos. Num tacho largo, refogar as courgettes em azeite cerca de 2 minutos;
2 – De seguida juntar o alho e algumas folhas de manjericão picadas e refogar cerca de 1 a 2 minutos;
3 – Adicionar água quente e temperada com sal, e deixar ferver cerca de 2 minutos;
4 – Triturar as courgettes e juntar um pouco de natas e queijo a gosto;
5 – Servir decorado com um pouco de manjericão cortado e queijo parmesão ralado acompanhada da vieira salteada e um pouco de juliana de courgetes.

Restaurante Alma
Horário: Terça a Sábado das 19.30 às 24.00h
Morada: Calçada do Marquês de Abrantes 92-94 1200-720 Santos-o-Velho – Lisboa
Telefone: 213 963 527
E-mail: h@alma.co.pt
Site: http://www.alma.co.pt

Anúncios