omeugosto1

Expressivos, Saborosos e Agradáves

Desde a cepa até à garrafa, o vinho nasce, vive e evolui. O vinho é a expressão da terra, da generosidade dum “terroir” e revela a paixão do seu criador, que procura a qualidade e a satisfação do consumidor.
Na variedade de “opiniões”, nasce o gosto por um vinho, e por isso chamamos hoje a atenção para dois vinhos que nos proporcionaram momentos de satisfação e prazer pelo seu potencial organoleptico — Castelo Rodrigo Síria 2007 Beira Interior DOC da Adega Cooperativa de Figueira Castelo Rodrigo, CRL e o Borges Tinto 2005 Dão DOC Reserva, da Sociedade de Vinhos Borges SA.

Bento de Carvalho – Engenheiro Agrónomo

Borges Vinho Tinto Reserva 2006 Dão DOC
Sociedade de Vinhos Borges, SA

carimbo_ok2008Em Nelas, a Sociedade dos Vinhos Borges SA é proprietária da emblemática Quinta de São Simão da Aguieira, que tem uma área de 67 hectares, possuindo uma das maiores áreas de vinha contínua da região vinícola do Dão.
O vinho tinto Borges Dão Reserva 2005 é produzido a partir das castas Touriga Nacional e Tinta Roriz, com uma produção média de 30hl/ha, cujas cepas têm uma idade média de 10 anos, instaladas em solo granítico arenoso.
O vinho apresenta-se com grande riqueza de cor, granada profunda, tonalidades violáceas/arroxeadas brilhantes, 14,0% vol. álcool, tem um nariz poderoso exprimindo aromas frutados concentrados, intensos e densos, provenientes de fruta muito madura, notas de frutos negros, cassis e mirtilos, boca ampla, encorpado, tem taninos maduros que conferem estrutura e carácter ao vinho, muito equilibrado, persistente e longo. Grande poder de envelhecimento.
Foram produzidas 10.070 garrafas deste vinho que foi lançado no mercado recentemente, o PVP é de €15,00 e poderá ser encontrado nas principais garrafeiras do país.
91 PONTOS €15,00

Vamos apreciar todas as suas potencialidades organolepticas, a uma temperatura de 16-18ºC, a acompanhar um cabrito assado no forno à moda de Lafões.

**********

Castelo Rodrigo Síria Vinho Branco 2007 Beira Interior DOC
Adega Cooperativa de Figueira de Castelo Rodrigo, CRL

carimbo_ok2008No fundo da Serra de Marofa, entre os vales dos rios Côa e Águeda, situa-se Figueira de Castelo Rodrigo, vila de tradição vinícola onde se produzem vinhos de boa expressão qualitativa, que pertencem à Região Demarcada da Beira Interior, sub-região Castelo Rodrigo.
A Adega Cooperativa de Figueira de Castelo Rodrigo, CRL, foi fundada em 1956 por 154 sócios, contando actualmente com 1200 associados, e na colheita de 2008 recebeu 3,5 milhões de quilos de uvas, das quais cerca de 55% são uvas brancas, sendo as castas Síria e Malvasia Fina as castas predominantes.
O vinho branco Castelo Rodrigo Síria 2007 Beira Interior DOC, apresenta-se com cor citrina pálida com ligeiras tonalidades esverdeadas, tem 13,0% vol. álcool, aspecto límpido e brilhante, nariz expressivo, fino, exprime aromas frutados elegantes, frescos e jovens associados a ligeiras notas de madeira e a fragâncias de frutos tropicais, a boca é bem constituida, equilibrado de acidez, a madeira encontra-se bem doseada até ao final de boca, é saboroso, agradável e persistente.
89 PONTOS €3,64

Foram produzidas 25.000 garrafas deste vinho, o preço da garrafa é €3,64 que pode ser encontrada nas superfícies comerciais Makro, Intermarché, Jumbo, Pingo Doce e Modelo. Vamos servi-lo a uma temperatura de 10-12ºC e apreciá-lo a acompanhar um fresco sargo ou robalo do mar bem grelhado.

filmeselo1